Segundo Tempo: Em busca de mais uma máxima

tags Intermediário

Introdução: No exterior, segue o clima mais positivo para os ativos de risco. As bolsas da Europa fecharam em alta, e as bolsas de NY avançam. O dólar segue mais fraco frente aos seus principais pares, enquanto as commodities têm viés mais positivo. Por aqui, o Ibovespa tem mais um dia de alta, em linha com o quadro externo mais favorável. Investidores seguem acompanham as articulações do governo em torno da Previdência e trocas ministeriais.


CENÁRIO EXTERNO: bolsas operam com ganhos.

Sobre os mercados…  As bolsas, não só da Europa, mas também dos EUA, operam com ganhos nesta 4ª. Para as commodities, em dia de alívio para o dólar, o dia segue com um viés mais positivo (brent opera próximo de US$ 67,5/barril). Lá fora, os investidores aguardam a divulgação da ata do FOMC. Em suma: oscilações semelhantes àquelas que comentamos pela manhã.

De olho na ata. Os investidores aguardam a ata da última reunião do BC americano, que será divulgado nesta tarde (17h). A expectativa é que o documento apresente mais detalhes daquilo que foi discutido pela entidade na última reunião, realizada no dia 13 de dezembro. Para 2018, o Fed ainda projeta, em seu cenário-base, 3 elevações de juros. Assim, os juros chegariam em 2,00-2,25% até o final deste ano. No entanto, o mercado ainda segue cético, e busca mais pistas sobre as mudanças que pode haver no Fed, a partir de fevereiro, com a mudança no comando do BC. Vamos acompanhar.


BRASIL: Ibovespa avança, e dólar recua.

Em busca de mais uma máxima… O Ibovespa segue firme, no campo positivo, desde a abertura do pregão. O índice ultrapassa os 78 mil pontos, impulsionado pela valorização dos papéis da Petrobras, Ambev e bancos. A bolsa caminha para renovar mais uma nova marca histórica de fechamento. Por aqui, o exterior positivo, combinado com a alta das commodities impulsiona os mercados locais.

Mais sobre o Ibovespa. Os papéis da Embraer seguem a boa performance registrada ontem e lideram na sessão desta 4ª as altas do Ibovespa. De pano de fundo, os investidores ficam atentos as possíveis parcerias entre Embraer e a americana Boeing (veja mais em nosso Guide Empresas). Na outra ponta, Fibria e Suzano permanecem no campo negativo, em dia de dólar mais fraco.

Ministérios. Mesmo com o Congresso brasileiro em recesso, o mercado monitora articulações do governo em torno da Previdência e trocas Ministeriais. Hoje, o presidente do PTB embarcou para Brasília, onde deve discutir com Temer a indicação do partido ao Ministério do Trabalho. Benito Gama (PTB-BA) é agora o nome mais cotado para assumir o ministério. O Planalto busca uma solução rápida para a crise provocada pelo veto do ex-presidente do PMDB, José Sarney, à nomeação do deputado Pedro Fernandes (PTB-MA). O receio é que essa “confusão” com o PTB comprometa a votação da Previdência.

Mais sobre os mercados… O dólar é pressionado para baixo, em linha com a queda do CDS de 5 anos do país. Os DIs, também apresentam um viés baixista nesta sessão, reflexo do exterior ainda favorável para ativos de riscos e perspectivas melhores com a economia brasileira. Assim, o quadro segue conforme o comentado mais cedo “viés de alta em bolsa, e de baixa em dólar e DIs”.

 

Rafael Gad Passos – Equipe Econômica

 

 


Sobre o fechamento do último pregão:

Ibovespa: +0,59%, aos 78.352 pontos;
Real/Dólar: -0,63%, cotado a R$3,241;
Dólar Index: +0,25%, 92,106;
DI Jan/21: -02 pontos base; 8,860%;
S&P 500: +0,54%, aos 2.710 pontos.

*Por volta das 15h59, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Ignácio Crespo Rey
[email protected]

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 17 da Instrução CVM nº. 483/10, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Rafael Gad Passos Rafael Gad Passos

Equipe Econômica

Graduado em Administração de Empresas na ESPM. Possui certificação de Mercado de Ações (BMF&Bovespa). Possui experiência na área de análise do Banco Bradesco Investimentos e atualmente faz parte da equipe de Research da Guide Investimentos, com foco nas empresas do Ibovespa.

59

relacionados

Bitnami